Caderno Laranja

Texto de Tania Mara Marques Granato e Tânia Maria José Aiello-Vaisberg, extraído do Caderno Ser e Fazer  - O Brincar.

A partir da demanda de um grupo de psicólogas que buscava assessoria técnica para seu trabalho, a psicanalista-coordenadora pôde recusar o lugar de “expert” que lhe ofereciam, afinando a escuta psicanalítica que sustentaria aqueles primeiros momentos de não-integração do grupo. Acolhendo a já pressentida necessidade daqueles profissionais por um enquadre e manejo diferenciados em relação ao que usualmente encontravam nos grupos de estudos, cursos ou supervisões. Deparamo-nos, então, com o mundo da costura como espaço transicional que potencializava novas integrações, desde nosso primeiro encontro com a Boneca-flor.

 

Texto completo:

ver em pdf