Tese, Marilia Gonçalves, 2008

 

RESUMO

O presente trabalho teve como objetivo investigar psicanaliticamente o imaginário coletivo de professores de Ioga, por meio da identificação de concepções imaginativas sobre equilíbrio psicológico e da captação dos campos psicológicos não conscientes, a partir dos quais emergem. O material clínico foi produzido no contexto de entrevista individual para a abordagem da pessoalidade coletiva, consolidando-se por meio do uso de dois procedimentos dialógicos: a Narrativa da História de Vida e o Procedimento de Desenhos-Estórias com Tema. Foram criados/encontrados os seguintes campos: fruição, devoção, ascese e infância feliz. O quadro geral permite concluir que os modos particulares pelos quais são forjadas as concepções imaginativas, articulam tentativas de atendimento a necessidades emocionais pessoais, conhecimento das doutrinas orientais e apropriação de idéias psicanalíticas socialmente circulantes.

Texto completo:

ver em pdf