Jussara Falek

 

- Deixa filhos, amigos, colegas, alunos, orientados, admiradores – e saudade.
– Nossa homenagem faz uma rápida viagem por algumas de suas realizações, para lembrarmos dessa grande pesquisadora:

 

 

A presença da professora Jussara Falek marca o Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo há décadas, desenvolvendo pesquisas, realizando orientações, ministrando aulas, participando de conselhos, entre tantas outras atividades.

Neste Instituto, Jussara graduou-se em Psicologia (1973), defendeu sua Dissertação de mestrado em Psicologia Clínica: “Estrutura em Tapetes no Teste das Pirâmides Coloridas de Max Pfister” (1979) e também sua Tese de doutorado: “O Teste das Pirâmides Coloridas de Max Pfister: uma re-leitura” (1988), ambos orientados pelo saudoso professor Luiz Carlos Nogueira. Sua Livre Docência, “A Criança no Discurso do Outro – ensaios sobre a clínica dos distúrbios graves na infância” foi obtida em 2000, também em psicologia clínica pela Universidade de São Paulo.

Jussara Falek – IPUSP

Mesmo aposentada, participou de diversas atividades junto ao IPUSP. Sua experiência docente centrou-se na área de psicologia clínica, com ênfase em investigações em psicanálise, atuando como psicanalista e como consultora para a área clínica voltada aos distúrbios graves na infância e em problemas ligados à inclusão social e escolar de crianças.

 
 
 
 
 
 
 
Autora de diversos trabalhos, destacamos o livro: “Ensaios sobre a Clínica dos Distúrbios Graves na Infância”, Coleção 1ª Infância, publicado pela editora Casa do Psicólogo, em 2003 (ISBN: 85-7396-263-1, 192 páginas).
 

 

Foi membro de corpo editorial, revisora de periódicos, além de parecerista de agências de fomento à pesquisa. Participou de mais de 50 bancas examinadoras, entre defesas de dissertações e teses, bem como exames de qualificação. Orientou 34 pesquisas no âmbito da pós graduação stricto sensu.

Projeto TECER

Entre os anos de 2003 e 2007, coordenou um projeto temático (TECER) com auxílio da FAPESP.

O Projeto TECER objetivou desenvolver uma unidade de tratamento destinada ao atendimento de crianças que apresentam distúrbios graves, em bases psicanalíticas.

O projeto abarcou desde o levantamento das condições necessárias para a criação dessa unidade de tratamento, bem como dedicou-se à inclusão escolar e social dessas crianças e jovens.

(Para conhecer o Projeto TECER, indicamos a leitura de: BRAUER, J. F. ou FALEK, J. Trabalhando sobre a Exclusão Escolar com Crianças que Apresentam Distúrbios Graves – Projeto TECER. In: Tânia Aiello Vaisberg; Fabiana Follador e Ambrosio. (Orgs.). Trajetos do sofrimento: Desenraizamento e Exclusão. 1a.ed. São Paulo: Universidade de São Paulo, 2002, p. 64-74.)
trabalhando-sobre-a-exclusao-escolar-com-criancas-que-apresentam-disturbios-graves-projeto-tecer

Foi membro da École Lacaniènne de Psychanalyse. A partir de 2005, junto a esta instituição, ministrou atividade regular, conhecido como seminário “Do ato” (www.ecole-lacanienne.net, ‘Activités Regulières’.)
Também realizou convênio de trabalho em colaboração com Roland Lethier, responsável terapêutico do Centre D’accueil Thélémythe 2000, para relações de trabalho teórico e clínico, estabelecido em Paris, em 2001.

Confira a participação da professora Jussara Falek na X Jornada APOIAR, onde compartilhou suas memórias dos anos iniciais do LSMPCS e sobre a ‘Ser e Fazer’: “Em comemoração do vigésimo ano de existência do Laboratório de Saúde Mental e Psicologia Clínica Social.

Jussara Falek, Leila Tardivo e Tânia Aiello Vaisberg

 

Jussara Falek, Leila Tardivo e Tânia Aiello Vaisberg
- mesa de abertura da X Jornada APOIAR -

 

Mesa de Abertura da X Jornada APOIAR – 2012

 

Jussara Falek, Leila Tardivo e Tânia Aiello Vaisberg

 

O vídeo foi publicado no YouTube, no canal AudVis IPUSP.

 

Texto completo:

ver em pdf