Dissertação, Maria Julia Souza Chinalia, 2012

 

RESUMO

O presente trabalho tem como objetivo investigar psicanaliticamente a experiência emocional de mulheres que estão em cumprimento de pena após julgamentos em situações de estado de direito. Justifica-se na medida em que a conquista de compreensão emocional, sobre estas pessoas, pode lançar luz sobre o modo como condições concretas desfavoráveis e opressivas se refletem sobre subjetividades individuais. A pesquisa se organiza, metodologicamente, como estudo de caso, por meio da abordagem psicanalítica de um documentário brasileiro, intitulado “Histórias de Daluana” (2007). Sucessivas exposições ao filme, acompanhadas pela transcrição do áudio, permitiram a produção interpretativa dos seguintes campos de sentido afetivo-emocional, que se articulam indicando a centralidade da experiência de humilhação social: “Valor Pessoal”, “Menina-Noiva”, “Mulher de Negócios” e “Mãe Desconcertante”. Finalizamos estabelecendo uma interlocução com a teoria winnicottiana, para propor que a reconhecida vinculação entre privação e delinquência deve ser completada, na compreensão de casos análogos ao aqui considerado, pela inclusão da problemática da humilhação social, na medida em que este é o foco do sofrimento da entrevistada, que gera diferentes defesas, que utilizam elementos de imaginários mais ou menos conservadores. Nos limites impostos pelo procedimento investigativo adotado, essa pesquisa suporta reflexões compreensivas e suscita indagações que podem iluminar situações análogas.

Texto completo:

ver em pdf