Como Citar – How to cite this paper  -

Manna, R. E., Leite, J. C. A., & Vaisberg, T. M. J. A. (2018). Imaginário coletivo de idosos participantes da Rede de Proteção e Defesa da Pessoa Idosa. Saúde e Sociedade, 27( 4), 987-996.

DOI 10.1590/s0104-12902018180888

Resumo

A concepção de Rede de Proteção e Defesa da Pessoa Idosa (RPDI) se destaca como espaço de luta coletiva pelo direito dos idosos, por meio de reuniões sistemáticas destes com profissionais de diferentes instituições e pela articulação para a implantação de políticas públicas. Este estudo, caracterizado como pesquisa qualitativa pautada no método psicanalítico, teve o objetivo de compreender o imaginário coletivo de idosos que participam de encontros organizados pela RPDI sobre o envelhecimento. Os participantes foram convidados para entrevista coletiva, na qual foi utilizado o procedimento de desenhos-estórias com tema como recurso facilitador da comunicação emocional. A análise dos desenhos e narrativas possibilitou reconhecer dois campos de sentido afetivo-emocional denominados “velhice como desamparo” e “velhice como responsabilidade pessoal”. Os caminhos que levaram aos campos de sentido apontaram dinâmicas heterogêneas no imaginário coletivo sobre o envelhecimento, além de contradições inerentes ao ser idoso. Apesar do desamparo, da luta contínua e persistente, das fatalidades e da negação da velhice, está também presente a força que a experiência de vida lhes dá e a motivação que encontram na união com seus pares para enfrentar os desafios da vida e lutar por seus direitos.

PDF (2018) Imaginário coletivo de idosos participantes da rede de proteção e defesa da pessoa idosa